Os 5 pilares da transformação digital

Acompanhe também nas redes sociais:

A sobrevivência de uma empresa depende de sua capacidade de se adaptar aos novos rumos da economia e sociedade. O advento dos smartphones, internet e apps está transformando a noção de valor para o cliente e para segmentos industriais inteiros.

O mais recente é o Apocalipse do Varejo, nos EUA e Europa, onde shoppings centers inteiros estão sendo vendidos a preços de um apartamento médio e grandes varejistas como a Sears, Kmart, entre outros gigantes fecharam perto de 12 mil filiais. Tudo por conta da ascensão do comércio digital.

Assim, a transformação digital deve ser tema do momento para todas as empresas, varejistas ou não.

Fique por dentro das tendências do mercado com mais rapidez no conforto da sua caixa de entrada:

Isto posto, essa transformação se concentra em cinco domínios centrais que as organizações precisam se orientar se quiserem ter sucesso no mundo digital. Ou seja, como as empresas veem seus clientes, como eles veem sua concorrência, como eles aproveitam os dados, como eles inovam e como eles criam valor para seus clientes.

Vejam como isso pode ser considerado:

1. Clientes

Hoje, os clientes não são só indivíduos, mas redes inteiras. No mundo digital, as empresas precisam envolver os clientes de uma forma que eles possam influenciar os outros. A estratégia aqui é explorar as redes de clientes, monitorando e adaptando sua oferta de acordo com os comportamentos da rede formada por seus clientes. Pense em redes.

2. Concorrência

A concorrência nem sempre vem das empresas tradicionais do setor. Além disso, um dentista tem que reconhecer que um restaurante é seu concorrente, ao menos pelo bolso do cliente. E a GM e a Ford também têm que reconhecer o Google e a Apple como empresas com as quais estão competindo. A GM investiu no compartilhamento de automóveis com a Lyft. Por outro lado, a empresa chinesa Didi Kuaidi (proprietária do 99 Taxi) está levantando dinheiro da Apple para combater o Uber.

3. Dados

Cada parte e função de uma empresa precisa aprender como entender a enorme quantidade de dados que são gerados em cada transação. Seja com o cliente, com os fornecedores ou com os funcionários, cada número se traduz em conhecimento. O armazenamento em nuvem está facilitando o acesso a dados relevantes a qualquer hora e em qualquer lugar. Transformar os dados em insights é uma parte importante da estratégia competitiva da organização.

4. Inovação

Antes da era digital, a inovação era cara. Somente um produto de grande sucesso poderia crescer para competir no mercado internacional. Hoje, todos os produtos estão em beta perpétuo. Todo aplicativo precisa ser atualizado semanalmente. Nada é cimentado ou finalizado antes de colocá-lo em exibição. Dinâmica é crucial. As tecnologias digitais permitem testes e experimentos contínuos, processos que eram inconcebíveis no passado. Protótipos podem ser construídos por centavos e ideias podem ser testadas rapidamente com as comunidades de usuários. Portanto, o aprendizado constante e a rápida iteração de produtos, antes e depois da data de lançamento, estão se tornando a norma. Além de uma vasta comunidade de consumidores de todas as rendas e gostos.

5. Valor

Quando uma empresa se torna bem-sucedida, ela rapidamente se acomoda. O valor criado para o cliente continua se desgastando e algum outro fornecedor pode entrar rapidamente para preencher demandas não atendidas pela empresa líder. As empresas têm que criar uma proposta de valor e uma “rede de valor” que precisa de contínua reiteração e revalidação.

A Era Digital chegou para ficar e mudar tudo que está posto, novos comportamentos, hábitos e formas de consumo estão se impondo. Não podemos ficar presos a era analógica, sob pena de nos transformar em zumbis.

Como este conteúdo foi útil para você?

Clique em uma estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!